Conflito entre Estados Unidos e Irã é visto como sinal profético por a

  • 30/06/2019
  • 0 Comentário(s)

Conflito entre Estados Unidos e Irã é visto como sinal profético por a

Conflito entre Estados Unidos e Irã é visto como sinal profético por alguns teólogos

WILL R. FILHO1 DIA ATRÁS

Nas últimas semanas a tensão entre os Estados Unidos e o Irã chamou atenção do mundo, visto que por razões econômicas, os dois países iniciaram também uma troca de acusações envolvendo ameaças militares.

“Não vamos deixar o Irã obter armas nucleares e, quando aceitarem isso, terão um país rico, ficarão muito felizes e eu serei seu melhor amigo. Espero que isso aconteça. Mas se os líderes iranianos se comportarem mal, eles terão um dia muito ruim”, afirmou Trump à imprensa.

A tensão teria iniciado novamente por causa dos embargos econômicos dos Estados Unidos contra exportações iranianas, algo seria tratado com naturalidade no mundo comercial, mas que em se tratando de países rivais, toma outras proporções.

Apesar de não ser um conflito novo, alguns teólogos enxergam o acirramento da tenção entre os Estados Unidos e Irã nesse momento como um sinal profético.

“O resultado das tentativas maléficas e provocativas do Irã de levar Donald Trump a uma presumível guerra derrotista, poderia espelhar o antigo rei Belsazar, que se atemorizou quando uma mensagem na parede”, disse o especialista em Oriente Médio, Mike Evans.

O livro de Daniel 5:25-28 narra que uma mão escreveu na parede do templo de Belsazar o seguinte trecho:

“Esta é a inscrição que foi feita: MENE, MENE, TEQUEL, PARSIM. E este é o significado dessas palavras: Mene: Deus contou os dias do teu reinado e determinou o seu fim. Tequel: Foste pesado na balança e achado em falta. Peres: Teu reino foi dividido e entregue aos medos e persas”.

Um possível cenário de guerra envolvendo Estados Unidos e o Irã, poderia ser o estopim para o desencadeamento de um conflito mundial que muitos especialistas em profecias bíblicas descrevem como “a grande batalha do Armagedom”.

“Todos os escritos proféticos descrevem a Pérsia — ou como conhecemos hoje, o Irã — tendo um papel importante como instigador da guerra final antes da vinda do Messias”, disse o rabino Pinchas Winston, especialista em profecias judaicas.

“Este recente surto no estreito de Ormuz é certamente mais um passo no processo que leva a Gogue e Magogue”, disse ele, segundo o Breaking Israel News.

Finalmente, o rabino faz uma observação de grande importância. Ele explica que muitos vão interpretar esses fatos como consequências meramente políticas, sem entender o contexto profético por trás dos acontecimentos, algo que só é possível considerar através do conhecimento bíblico.

“Se você não tem essa perspectiva, então seu cérebro sempre encontrará uma maneira de negar até mesmo os fatos mais óbvios, a fim de convencê-lo de que isso é algo normal”, disse ele. Com informações: No

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

AutoDJ

Programação Automática

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. LEIA MARINHO

ALEGRIA DA MANHA

top2
2. Bruna Karla

Advogado Fiel

top3
3. Aline Barros

Casa do pai

top4
4. Anderson Freire

Acalma o meu coração

top5
5. Aline Barros

Ressuscita-me

Anunciantes